OLÁ CAMBADA AQUI É O EDINHO KKKK ->> REGRAS: RESPEITE A TODOS, É PROIBIDO PALAVRÕES ",PROIBIDO CAPS LOOK,E ABAIXO DO XAT ENSINA COMO MUDAR O NOME,SEM VENDAS DE CS NO ABERTO e SEM EMAILS OU PASSAR SKIPE NO XAT ABERTO..

Antecipamos Detalhes do ultimo episodio de "The Walking Dead"


Com desfecho razoável, "The Walking Dead" bate seu recorde de audiência na TV dos EUA

Apesar da falta de uma conclusão que superasse as expectativas dos fãs, a série bateu seu recorde de audiência na TV dos Estados Unidos. O último capítulo foi visto por 12,4 milhões de pessoas na noite do último domingo (31) no canal da TV a cabo AMC.
O número foi maior que o marcado no retorno da midseason, em fevereiro, quando foi visto por 12,3 milhões de pessoas. Na estreia da terceira temporada, em outubro de 2012, a AMC registrou 10,9 milhões de pessoas sintonizadas na série.
O final da terceira temporada de "The Walking Dead" disputou a preferência do público na noite do domingo de Páscoa com o desfecho da série de sucesso "The Bible" (History Channel), que foi vista por 12,3 milhões de pessoas, e com a première da terceira temporada de "Game Of Thrones" (HBO), vista por 4,4 milhões de pessoas.
A Fox exibe hoje a noite o desfecho da terceira temporada de "TWD", às 22h30.


ALERTA: SE NÃO QUISER SABER DETALHES IMPORTANTES DA SÉRIE, NÃO LEIA OS PRÓXIMOS PARÁGRAFOS.


O episódio "Welcome to the Tombs" começa com o Governador torturando seu fiel parceiro Milton (Dallas Roberts), após descobrir que o médico traiu sua confiança ao proteger Andrea (Laurie Holden) e queimou os mortos-vivos que estavam numa vala próxima a Woodburry.
O Governador, ao final da tortura, exige que Milton mate Andrea, que estava numa sala ao lado. Sem coragem de matá-la, Milton tenta acertar um golpe no Governador, mas acaba levando uma punhalada na barriga. Durante todo o episódio, Milton agoniza e tenta ajudar Andrea a se soltar da cadeira em que estava presa. Nos minutos finais, ele se transforma em um morto-vivo e acaba mordendo Andrea no pescoço, que se mata com um tiro na cabeça.
Já a tão esperada batalha entre os sobreviventes da prisão, comandados por Rick, e os moradores de Woodburry, liderados pelo Governador, acabou se tornando algo rápido e quase superficial. Dos 43 minutos do episódio, apenas seis minutos foram dedicados para a batalha – sendo dois de confronto direto. Para efeito de comparação, Milton e Andrea apareceram durante onze minutos no episódio final – quase o dobro que o tempo destinado para o confronto entre Rick e o Governador.
A batalha acaba com o pessoal de Woodburry desistindo da luta e fugindo da prisão, dizendo que se trataria de um "massacre" e apenas uma "rixa". No caminho de volta para a cidade, o Governador ordena que parem os carros e mata quase todos os desertores. Só sobram dois soldados, que somem do episódio junto com seu isolado líder.
Ou seja, na quarta temporada, que tem estreia prevista para outubro, podemos esperar por mais confronto entre Rick e o Governador, que tem a chance de voltar fortalecido com outro exército. Já os moradores de Woodburry, sem um líder, acabam se mudando para a prisão e se juntam à família de Rick e seus amigos.
O final decepcionou quem esperava por um vencedor na batalha entre Rick e o Governador. Depois de muita espera e expectativa durante os dezesseis episódios para um desfecho grandioso, o público precisará esperar até a próxima temporada para saber os rumos da série – e se os inimigos continuarão sendo os próprios humanos ou voltarão a ser os numerosos mortos-vivos.

0 comentários: